III PEREGRINAÇÃO A PÉ DO CARMO JOVEM

 

Estimados jovens do Carmo Jovem, diz o ditado "quem tem boca vai a Roma e que todos os caminhos vão dar a Roma".
Por estes dias de Maio (1-3) todos os caminhos vão dar a Fátima. E vós, Carmo Jovem, fazendo parte de um povo crente, quisestes, na vossa condição de jovens, pôr-vos a caminho, não por uma recomendação médica ou desportiva, mas porque também, como tantos outros portugueses e não só, quereis sentir-vos peregrinos de Fátima e em sentido mais amplo peregrinos do Céu, pois a Igreja é o Povo de Deus peregrino no tempo e na história a caminho da Terra Prometida.
O Apóstolo diz que somos cidadãos do céu (Fil 3,20) e, por isso, devemos aspirar às coisas do alto (Col 3,2).
Hoje, mais do que nunca, recomenda-se muito caminhar e até correr. Faz bem à saúde do corpo e neste caso da vossa peregrinação a Fátima, faz bem à saúde da alma. Como diziam os antigos: "Mens sana in corpore sano" ou seja, Mente sã em corpo são.
Que a vossa caminhada seja sempre em espírito de boa camaradagem, mas sobretudo em espírito de alegria própria da vossa juventude. O escritor francês Georges Bernanos (1888-1948) dizia que o Cristianismo tem o monopólio da alegria. E a vida de todos nós deve ser pautada pela alegria e esperança pois temos colocada a nossa fé em Deus.
O Apóstolo recomenda-nos: "andai sempre alegres"(1Tes 5,5) e noutra passagem acrescenta: "tudo o que fizerdes por palavras ou por obras (e até as próprias carminhadas) fazei-o em nome do Senhor Jesus"(Col 3,17).
Animai-vos, pois, caros jovens do Carmo Jovem nesta caminhada do mês de Maio junto de Nossa Senhora, mas sem esquecer a grande caminhada da vossa existência.
Para vossa reflexão, eis como o Apóstolo descreve a sua grande caminhada: "Irmãos, ainda não alcancei a meta, mas somente faço uma coisa: esquecendo-me do que fica para trás, prossigo para a meta, para alcançar o prémio celeste"(Fil 3,13-14). E continua:
"O atleta só é coroado se combate segundo as regras" (2Tim 2,5). Por isso diz: "Combati o bom combate, acabei a minha carreira, guardei a fé. Agora espero receber a coroa de justiça que o Senhor, justo Juiz, me dará, mas não só a mim, mas também àqueles que esperam com amor a Sua vinda" (2Tim 4,7)
Amigos jovens, não tenhais medo nem vergonha de ser e testemunhar que sois jovens carmelitas.
Um abraço para todos.

P. Fernando Reis,
Conselheiro Provincial para a Pastoral Juvenil

 

2009-05-03

 
[Voltar às notícias]