50 ANOS DO CONVENTO DE AVESSADAS

 

Image

O Convento dos Carmelitas Descalços, em Avessadas, Marco de Canaveses, completou, no dia 22 de Outubro de 2011, 50 anos de existência. Foi tempo para celebrar e dar graças por todo o bem que se fez a partir das sucessivas comunidades de frades carmelitas.
Já no dia 16 de Outubro se havia realizado um concerto com a presença do P. Luis Borga e no Domingo seguinte, no dia 23, houve uma eucaristia solene, presidida por D. Manuel Clemente, Bispo do Porto, com o Padre Provincial, com o P. Jesus Murillo, representado os irmãos carmelitas da Província de S. Joaquim de Navarra, particularmente o P. Isidoro Maguna, de saudosa memória, que fundaram este convento. A esta celebração acorreram vários sacerdotes carmelitas e outros da vigararia do Marco de Canaveses. O Presidente da Câmara Municipal, Dr Manuel Moreira, e o Presidente da Junta de Freguesia, Sr Manuel Azevedo também marcaram presença. Os iféis acorreram em grande número e ainda se ouviam muitos testemunhos dos mais adultos que se recordam da construção e inaugiuração desta presença carmelita.

No dia 19 de Abril de 1960, na Quinta da Mória, em Avessadas, Marco de Canaveses, realizou-se a cerimónia de bênção e colocação da primeira pedra do que viria a ser a Casa do Noviciado e Santuário do Menino Jesus de Praga.
Um ano depois, a 22 de Outubro de 1961, na presença do muito povo de Deus que, desde as primeiras horas da manhã acorreu ao Santuário em grande número, do Senhor Arcebispo de Mitilene, D. Manuel dos Santos, do Pe Geral da ordem Frei Anastácio do Santíssimo Rosário, do Pe Provincial Frei Gregório de Jesus Crucificado, foi sagrado e dedicado o Santuário por D. Florentino de Andrade e Silva, Administrador Apostólico da Diocese do Porto.
Nas palavras de D. Manuel dos Santos que pregou um fervoroso sermão, «a cerimónia foi extraordinariamente emocionante». É que o novo templo fora consagrado para acolher as multidões de peregrinos que aqui se acolhem implorando as bênçãos do Divino Infante; e fora ainda concebido como viveiro e vinha florida onde se cultivam os que haviam sido chamados ao exclusivo serviço de Deus.
Ao longo dos mais de 40 anos de vida o actual convento foi sendo submetido a obras de restauro e adaptação que não alteraram a estrutura original. É constituído por dois corpos iguais que estão separados pela Igreja do Santuário do Menino Jesus. As duas alas têm saída para o exterior e cada uma possui o seu claustro.
Inicialmente planeado para Noviciado, albergou ainda o Curso Filosófico e o Seminário Menor. Em 1980 uma parte do Convento adaptou-se para Casa de Oração e em 1982, quando decorria o IV Centenário da Morte de Santa Teresa de Jesus, inaugurou-se o Centro de Espiritualidade com a presença de grande número de bispos e outras entidades religiosas e civis.

Actualmente esta comunidade de carmelitas descalços é constituída por 5 elementos que cultivam a vida de oração em ambiente alegria e fraternidade, servindo o povo de Deus nas seguintes áreas pastorais:
- Acolhimento dos candidatos a carmelitas,
- Dinamização do Centro de Espiritualidade,
- Acolhimento na Casa de Oração,
- Acolhimento aos Peregrinos do Santuário do Menino Jesus de Praga,
- Reconciliação e acompanhamento espiritual,
- Edições Carmelo,
- Edição da revista «Mensageiro do Menino Jesus de Praga»,
- Publicação da «Revista de Espiritualidade»,
- Paróquias de Avessadas e Rosém,
- Capelania do Santuário de Nossa Senhora da Natividade do Castelinho,
- Colaboração com as paróquias vizinhas.

 

2011-10-26

 
[Voltar às notícias]