Situação crítica (também) dos carmelitas no Iraque

 

Image

A situação dos cristãos no Iraque continua a deteriorar-se de dia para dia. A nossa Ordem está presente neste país através da Província de Paris que conta com um Centro de Espiritualidade na cidade iraquiana de Dehock. As notícias que chegam de lá são desoladoras para a população cristã.
A comunidade carmelita narra-nos como os grupos terroristas estão a tomar conta do país. A situação de mais de 200.000 pessoas (na maioria cristãos) que fugiram para Dohuk, é catastrófica. A maioria deles está alojada em igrejas, parques, escolas ou edifícios em construção, ou mesmo nas ruas e debaixo das pontes, em condições extremas, com temperaturas acima dos 40°C.
Por esta razão, as pessoas do Iraque continuam a fugir rapidamente para a Turquia.
A presença carmelita em conjunto com um pequeno grupo de amigos, tratam de ajudar algumas famílias na saúde e na alimentação.
De todo o mundo chega assistência a estas pessoas tão sofridas, no entanto a sua distribuição não é fácil. Os terroristas saquearam as aldeias e destruíram as igrejas cristãs.
Continuemos a orar intensamente por estes dias tristes e obscuros que se vivem no Iraque. Os nossos irmãos carmelitas de Paris estão a pedir ajuda económica para poderem socorrer mais pessoas. (Comunicationes OCD)

 

2014-09-02

 
[Voltar às notícias]