«Dialogues des Carmélites»

 

Image

O Teatro Nacional de São Carlos estreia a 3 de fevereiro de 2016, em co-produção com o Teatro da Cornucópia, a ópera Dialogues des Carmélites de Francis Poulenc (1899-1963), com direção musical de João Paulo Santos e encenação de Luís Miguel Cintra.

Em parceria com a Embaixada de França em Lisboa, o Teatro Nacional de São Carlos promoverá um ciclo de conferências, previsivelmente nos dias 26 e 28 de janeiro de 2016, pelas 19h, com um conjunto de personalidades proveniente de diversos quadrantes, nomeadamente da história, música, história da arte e teologia.

Far-se-á uma análise a esta obra firmemente consagrada no repertório corrente e reconhecida como obra-prima lírica do século XX. Composta por pequenas cenas - ou diálogos - que denunciam, a cada nota e palavra, uma profunda e inquietante análise sobre o martírio e sobre o terror que tornam evidentes as suas complexidades dramáticas, Dialogues des Carmélites é um pois um cântico de fé, coragem e redenção.

 

2015-11-30

 
[Voltar às notícias]