Um passo central na missão de Timor

 

Image

A nossa missão em Timor vai dando os seus pequenos passos. No dia 22 de Fevereiro, festa da Cátedra de S. Pedro, depois dos padres Noé e António terem celebrado eucaristia na Paróquia de Balide - a comunidade cristã onde está presente a nossa pequena comunidade carmelita - ao fim da Eucaristia colocaram o Santíssimo Sacramento na capelinha da residência. E agora, sim, a comunidade está sacramentalmente habitada pelo verdadeiro Dono e Senhor da comunidade. Neste dia, lembramos a alegria de Santa Teresa de Jesus, quando entronizava o Santíssimo nas suas fundações. Uma família timorense ofereceu o sacrário, inspirado nas casas tradicionais timorenses.
Santa Teresa pronunciou-se assim, aquando da fundação do Convento de S. José de Salamanca: "Pelo que agora me lembro, nunca deixei de fazer uma fundação por medo ao trabalho (…), quando me punha a caminho sempre me parecia pouco que fazia, vendo por Quem o fazia, e só de pensar que naquela casa se louvaria o Senhor e que nela estaria o Santíssimo Sacramento. (…) Não sei que trabalhos, por maiores que fossem, se poderiam temer em troco de tão grande bem para a Igreja; que, ainda que muitos não se dessem conta, estar Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, como está no Santíssimo Sacramento em tantos lugares, grande consolo nos haveria de dar" (Fundações, 18,5).
Continuamos a rezar e acompanhar os passos desta fundação missionária que, após a sagração do novo bispo da Diocese de Dili, a 19 de Março, tentaremos agendar com ele a data da inauguração.

 

2016-02-25

 
[Voltar às notícias]