I ASSEMBLEIA DA ASSOCIAÇÃO DOS CARMELOS

 

As Irmãs Carmelitas Descalças em Portugal acabam de dar um passo muito significativo ao constituirem uma Associação de Carmelos, sob a invocação de Nossa Senhora de Fátima.

Depois de terem eleborado os respectivos estatutos e os apresentar à Santa Sé para aprovação, começaram a dar passos no sentido de realizarem a primeira Assembleia da Associação,com a qual dariam inicio formal e efectivo a esta Associação de Carmelos que integra as comunidades de Aveiro, Braga, Crato, Estoril, Faro e Fátima.

Agendaram este encontro para os dias 22 a 24 de Abril, em Fátima. E assim, depois da abertura dos trabalhos no dia 22, no dia 23, pelas 10h00, na presença do Bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto, do Provincial dos Carmelitas Descalços, P. Pedro Ferreira, e do Assistente da Associação, P. Manuel Reis, as Irmãs Carmelitas Descalças, reunidas nesta I Assembleia da Associação dos Carmelos, elegeram para presidente desta Associação «Nossa Senhora de Fátima», a Ir. Cristina Maria de S. José, do Carmelo de Fátima; a acompanhá-la no Conselho da Associação estarão as seguintes irmãs: Ir. Conceição de Maria Imaculada, do Carmelo de Aveiro (1ª conselheira); Ir. Maria de S. José e de Jesus, do Carmelo de Faro (2ª conselheira); Ir. Maria de Jesus do Coração Misericordioso, do Carmelo do Estoril (3ª conselheira); e a Ir. Maria das Neves do Coração de Jesus, do Carmelo de Braga (4ª conselheira).

Depois da eleição do Conselho, da parte da manhã, às 15 horas, o Padre Pedro Ferreira, Superior Provincial, veio saudar os membros da Associação. Em seguida falou-lhes dos objectivos de uma Associação e exortou as Irmãs a empreender um caminho de comunhão.
Prosseguiu a reunião, tentando definir as áreas a atribuir a cada Irmã Conselheira.
Seguiu-se a primeira reunião do Conselho, em que foram distribuídas essas mesmas áreas.
Depois do jantar continuaram os trabalhos com toda a Assembleia reunida.

No dia 24, pelas 10 horas, reuniu-se novamente a Assembleia, estando presente o Assistente Religioso, Pe Manuel dos Reis.
Criou-se um espaço de partilha, diálogo e esclarecimento.
Encerraram os trabalhos desta I Assembleia com a leitura das Actas e o cântico do Flos Carmeli. Seguiu-se o almoço e um tempo de convívio antes da despedida.
A alegria, a confiança, a esperança e o espírito de família foram as grandes constantes desta Assembleia. As Irmãs Carmelitas Descalças pedem a nossa oração e comunhão fraterna para que seja o Senhor a conduzir todos os seus passos.

25/04/2008

 

 
[Voltar às notícias]