CAMPO DE FÉRIAS DOS ACÓLITOS CARMELITAS

 

Realizou-se nos dias 7 a 10 de Julho o I Acampamento de Acólitos e Acólitas Carmelitas, na Quinta do Menino Jesus de Praga, em Deão, Viana do Castelo. Estiveram presentes 18 adolescentes de diversas idades, provenientes das comunidades de Elvas, Avessadas e Porto.
O tema do Acampamento foi: “Acampacólito, pois hoje tenho de ficar em tua casa”. Uma temática inspirada nas palavras dirigidas por Jesus a Zaqueu, aquando da sua entrada em Jericó e da subida deste a uma árvore para O ver.
Jesus disse: “desce depressa, pois hoje tenho de ficar em tua casa”. O convite a «descer depressa» pode equivaler ao convite «acampacólito». E a razão do segundo convite é a mesma do primeiro: «pois hoje tenho de ficar em tua casa».
«Descer depressa» ou «acampacólito» pode significar mudanças de mentalidade e de formas de estar no dia-a-dia; fim da vida que se leva e começo de uma nova vida; princípio de abertura, adesão e acolhimento de Jesus e da sua proposta de vida e realização plena; encontro inesperado e surpreendente com Jesus e o Seu Deus. Tudo isto foi explanado e vivido, ao jeito carmelita, nos vários momentos que preencheram os quatro dias, particularmente nos momentos orantes e na celebração da Eucaristia.
O Acampamento serviu ainda para os acólitos ficarem mais por dentro da vida carmelita e se deixarem inquietar por ela. Cada um deles foi convidado, mediante o DVD “A fonte que mana e corre”, a direccionar o seu olhar para a história, os santos, a doutrina, as comunidades e as actividades desta família religiosa. No DVD passaram imagens de gente nova a partilhar a nossa vida que fizeram pensar e questionar…
Termino, referindo que também foram uns dias de lazer, convívio, descanso, amizade, futebol, piscina, caça ao tesouro, jogo dos feijões, contacto com a floresta e cinema. Destes dias passados juntos, surgiram muitas ideias para o futuro e, sobretudo, uma grande vontade, da parte de todos, de fazer uma caminhada durante o ano. E, se possível, com mais acólitos e acólitas doutras comunidades. Se possível!!! Claro que é possível… Não achas?
Marcaram presença na realização desta actividade de verão, os padres Vasco e Avelino, das comunidades de Avessadas e Elvas. Contaram com a ajuda preciosa de um casal amigo e carmelita de Elvas, o Tozé e a Fernanda, que foram pau para toda a colher. A eles, deixo aqui os nossos sinceros agradecimentos. E, desde já, fiquem sabendo que para o ano há mais. E que, durante o novo ano pastoral, haverá muito mais. Se Deus quiser!...
Uma promessa: logo que tenha em meu poder os testemunhos de alguns acólitos e algumas fotografias, lançá-las-ei aqui.
Um abraço a todos os acólitos e acólitas carmelitas. Ânimo para a caminhada e encontro-me ao vosso dispor.

Pe. Vasco Nuno
14-07-2008

 

 
[Voltar às notícias]